quarta-feira, 16 de setembro de 2009

A CARTILHA DE JESUALDO

De um professor se espera naturalmente que ensine, que transmita o seu saber, que imprima marca da sua sapiência, que instrua.
Mas não é isso o que se passa com Jesualdo Ferreira, no seu “consulado portuense”.
No FC do Porto, o senhor professor não instruiu, foi instruído. Foi instruído na já denominada “ética portista”. Aprendeu as desculpas de mau pagador, a culpabilizar sempre os árbitros pelos maus resultados, a pressionar a arbitragem com a sua oratória, a enaltecer “merecimentos morais” de vitórias que não conquistou em campo, a dar respostas acintosas quando a pergunta lhe não agrada. Enfim, também se amestrou no dom de uma visão ubíqua unilateral em que só vê o que quer, seja ao longe, seja ao perto.

A “ética portista” tem um saber de experiência feito em décadas de favorecimento pela “justiça” do futebol e, em especial, pela arbitragem. Basta ver e ouvir os seus dirigentes e ex-dirigentes, os seus jornais e tv.s, os seus comentaristas, para comprovar tanta sabedoria! Já alguém disse, timidamente, que existe uma cartilha e cópias em abundância, de modo a que as ditas personagens, na sua interpretação, façam inveja às de “O Ensaio sobre a Cegueira”, de Saramago.

O senhor professor Jesualdo Ferreira comunga da mesma “ética”, aprendeu-a depressa e bem! De professor a instruendo, foi um saltinho de bebé!
Só alguns exemplos.
Jesualdo Ferreira está sempre pronto a falar de “erros de arbitragem” em jogo alheio ou quando perde ou empata. Nessas ocasiões, a culpa é sempre do árbitro. Já quando lhe não interessa, ou se nega a responder a erros que se passaram à frente do seu nariz, ou responde acintosamente, «não venho aqui comentar a arbitragem», ou apela à cartilha da “ética portista” e aplica a “lei das compensações” ... “e o golo anulado ao Porto?”!

Recentemente, lembrou-se de querer saber o que toda a gente sabe bem, pois não há túnel com mais luz do que o túnel da Luz.
Do túnel que fica nos domínios do seu amo corrupto, tão perto de si, nada quer saber … e quando ninguém sabe nada!
É um túnel com uma escuridão cerrada em que apenas se lá avistam, quando regressam à luz do dia, as mazelas nos costados de alguém ou o terror estampado em rostos que ficam para sempre sem fala do que lá lhes aconteceu!

Esta é a cópia da cartilha entregue ao senhor professor. Todavia, o senhor professor Jesualdo Ferreira não precisa de se amofinar. Por mais cartilhas e cópias que haja distribuídas e ensaiadas, já ninguém se deixa enganar!
O FC do Porto tem sido o grande beneficiado!

Porém, verdade seja dita, também tem beneficiado! Paga viagens a árbitros, oferece-lhes “fruta”, fresca ou apodrecida aos serventes pouco importa, convida árbitros para tomar cafezinhos, dá-lhes envelopes mas jura pela filha – a verdadeira ou a amásia que apresentou ao Papa, o verdadeiro, isso ele não precisou – que são para embrulhar “aconselhamentos familiares”!

No meio, surge uma condenação por corrupção desportiva na forma tentada, disseram uns benévolos julgadores.
Outros, ainda mais benévolos, nem isso! Lavaram as mãos e remeteram o caso para a implorada “Justiça Divina”!
Mas há factos, factos reais contra os quais não há argumento que valha!
Uma verdade que, por isso, nem os desavergonhados autores alguma vez ousaram contestar!
É a verdade que está impressivamente contida nas escutas telefónicas, e só nas que houve coragem de fazer!

Também não foram precisas contestações de espécie alguma! Houve uns Pilatos – ou “Pilatas” – modernos a quem isso pouco impressionou, quando devia ter impressionado … e bastante!
Para a História, fica uma vergonha que ninguém jamais conseguirá apagar!
E só os sem vergonha, os autores dos actos, os seus branqueadores de profissão e os que tinham o dever de zelar pela Justiça porque lhes foi confiada, ingloriamente, essa missão, dela se não envergonham!

Este capítulo da cartilha é um dos que o professor Jesualdo mais apreendeu … a calar!
O que define bem o seu estramontado professorado!

11 comentários:

  1. Obrigado, caro Bruno.

    Você também tem um blogue muito bonito onde se respira Benfiquismo e se defende o Benfica e os valores do Benfica.
    Cada um da sua maneira, numa complementaridade benfaseja para o nosso Glorioso. Todos nós apenas por um: O Glorioso Benfica.

    O seu blogue também é paragem obrigatória para mim. Gosto de ler as notícias do nosso Benfica e escolho sempre as que estão nos blogues Benfiquistas.
    E o seu é uma referência!

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado, Gil Vicente. É bom saber isso. Ainda não está muito divulgado, ou então está e não é apreciado por muita gente, a julgar pela pouca quantidade de comentários que se verificam em cada post, mas não será isso que me fará desistir.

    O que me move é o gosto por escrever e divulgar a causa benfiquista. Se agradar a uma só pessoa que seja, só isso me basta.

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
  3. Um forte abraço de solidariedade bem benfiquista.

    www.senhores-do-apito.blogspot.com

    Um blogue novo do
    aguia da Amora

    ResponderEliminar
  4. Bem vindo ao meu blogue.
    Também já dei uma espreitadela no seu. É muito bom porque nos trás dados muito importantes, claros, bem expressos e de defesa integral do nosso Benfica.
    Parabéns pelo seu blogue.

    ResponderEliminar
  5. Olá, Raínha!

    Tem estado tudo bem?
    Tenho andado um pouco atarefado, nem tenho tido tempo para dar uma vista de olhos.
    E agora também não consigo.
    Mas prometo que voltarei!

    ResponderEliminar
  6. @ Gil Vicente

    já tinha dado pela sua falta, e já estava a magicar se tinha dito algo de errado que o fizesse estar zangado comigo, sendo assim já estou mais aliviada

    beijinhos
    ..

    ResponderEliminar
  7. O PROFE, quando bolsou sobre o tunel, apenas foi a mando do seu patrão.

    De tuneis sabe bem o que passou no tunel da vergonha, sito nas cercanias de Contomil.

    ResponderEliminar
  8. Benfica_Documentários18 de setembro de 2009 às 17:40

    Caros Benfiquistas,

    É do conhecimento geral que a longa História do nosso clube se reveste de glória. Momentos inesquecíveis, jogadores brilhantes, tudo faz parte da nossa memória colectiva… Como não podemos permitir que todo este património se desvaneça com o tempo precisamos da vossa ajuda para conservá-lo. Como? Participando activamente na série documental mais aguardada do ano. A série que fará jus à centenária História do Sport Lisboa e Benfica.

    Precisamos de quem nos conte estórias… O seu amor pelo Benfica é tão grande que se esqueceu da sua noiva no altar só para assistir a um jogo? O seu filho nasceu no mesmo dia em que o Benfica conquistou uma vitória? Então fale connosco! É destas pequenas estórias que o nosso grande clube vive. O Benfica precisa de si para continuar a crescer!

    Contacte-nos para: marisaramos@iniziomedia.pt

    Saudações Benfiquistas!

    ResponderEliminar
  9. D. Marisa

    Precisamos que se nos apresente por mais do que um simples endereço electrónico.
    O próprio nick nada nos diz.
    Assim, não podemos contar histórias.

    Se é Benfiquista como diz e penso, apresente-se a Benfiquistas que estão apresentados.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar